Fisioterapia no SIMPLES, agora é nossa vez!!!

Dia 07/08/2014 vamos todos lutar pela inclusão da Fisioterapia no SIMPLES.

Dia 07/08/2014 vamos todos lutar pela inclusão da Fisioterapia no SIMPLES.

A Fisioterapia brasileira está prestes a entrar em nova fase. Dia 07/08/2014 está agendado o sancionamento da lei de inclusão de nossa profissão no SIMPLES, regime tributário que visa reduzir de maneira importante a tributação sobre os pequenos negócios em Fisioterapia. Contudo, ainda corremos o risco de sofrer um veto da Presidente Dilma Por isso, venho, aqui, pedir aos leitores de nosso blog que:

* Envie mensagem para o email: gabinetepessoal@presidencia.gov.br solicitando que nos mantenha no Anexo III.

*Envie email  para cerimonial.smpe@planaldo.gov.br até hoje para confirmar sua presença na votação (mesmo que não possa ir)

Compartilhe esse post ou as informações nele contidas para o máximo de contatos que possuir

 

Abraços a todos

 

Luis Henrique Cintra

Séria Contabilidade – O que é IRPJ?

Chamamos IRPJ (Imposto de Renda da Pessoa Jurídica) o imposto cobrado pelo governo  federal e que corresponde a 15% dos 32% do lucro presumido que o governo aplica sobre as Empresas de Fisioterapia. Isso dá 4,8% do faturamento obtido pela emissão das notas fiscais no mês.

Ele é trimestral, porém, às vezes, é cobrado, em parte, na fonte, quando no pagamento de algumas Operadoras de Planos de Saúde. Os meses de pagamento do IRPJ são: ABRIL (janeiro + fevereiro + março), JULHO (abril + maio + junho), OUTUBRO (julho + agosto + setembro) e JANEIRO (outubro + novembro + dezembro). Sugiro sempre que esse imposto seja pago mensalmente para que não gere acúmulo no período.

Até a próxima postagem,
Luis Henrique Cintra

Contabilidade – Você sabe o que é lucro presumido?

BLOG_MODELO

O Governo Federal presume que cada empresa de Fisioterapia, quando qualificada como lucro presumido, tem 32% de lucro líquido. Isso significa que por cada procedimento que nós recebemos no valor de R$ 100,00, por exemplo, ainda sobre R$ 32,00 depois de pagarmos tudo, inclusive o nosso pró-labore. Isso ocorre principalmente com o pagamento dos convênios, pois todos exigem a nota fiscal pela prestação do serviço.

Há atualmente um luta por partes das entidades da Fisioterapia para a inclusão dessa prestação de serviço no SIMPLES.

Acesse o site do COFFITO