Ousadia!


Por Oseas Moura
Fisioterapeuta

É o que diferencia os vencedores. Preço é diferente de valor. Qual o valor de sua assistência? Qual o valor de recuperar a marcha de um hemiplégico? Qual o valor de ser curado de uma enxaqueca? Qual o valor de voltar à prática do esporte preferido? Qual o valor de não mais sentir dor?

Muitos têm dificuldade de atribuir preço de honorário por ter também dificuldade de propiciar uma atenção resolutiva, rápida.

Tratamentos que se perenizam são inconcebíveis sob todas as perspectivas: profissional, financeira e de tolerância. É importante que se busque recursos mais resolutivos, de maior complexidade e que repercuta positivamente a cada atendimento. Daí para a frente, a remuneração, ou seja, a recompensa pelos bons resultados serão naturalmente a consequência em progressão geométrica.

No mundo do trabalho, a remuneração é proporcional à complexidade e grau de responsabilidade das tarefas e ações inerentes a cada profissional. O seu trabalho envolve maior complexidade de tomada de decisões? Ou você pauta sua prática em ações eminentemente operacionais? Nosso sucesso não depende de governo, de conselho, de associação, de sindicato, mas de uma postura positiva de controle sobre a atividade profissional na atenção ao paciente/cliente. Como disse o mago do sucesso, Tom Peters, “o seu sucesso depende do seu projeto”. Com responsabilidade, conhecimento e domínio sobre as ações planejadas e administradas.

Fica a reflexão para iniciarmos a semana. Abraços a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>