Ética sempre!

etica

Passeando pelas redes sociais vi o depoimento apaixonado de uma colega Fisioterapeuta, Isabelle Fernandes. Após trocarmos algumas informações, resolvi publicá-lo. Atitudes como a dessa colega devem servir de modelo para a valorização de nossa profissão.

…..

Venho aqui nos grupos manifestar um pouco de minha indignação com relação à nós, profissionais de Fisioterapia. Quando formos nos referir à nossa profissão falem com respeito. Ao seu lado pode estar um Fisioterapeuta que a cada dia troca suor por sangue e tenta mudar. Sejamos Éticos, como os médicos, os dentistas, veterinários, dentre outros. Vou descrever o que me ocorreu ontem. Estou cursando MBA em Gestão e em minha turma estão diversos profissionais da área da saúde. Ontem, saindo da aula, estávamos conversando em um grupo de 7 pessoas quando um dos profissionais que estavam entre nós perguntou para a Doutora ao meu lado qual era formação dela dentro da saúde. Ouvi a seguinte resposta: ” – ah, minha profissão É DE BAIXA, sou Fisioterapeuta.”, sinalizando com o polegar para baixo. Aquela afirmação me revoltou de tal forma que começamos ali mesmo uma discussão fervorosa. Ela colocou o lado dela diante da Fisioterapia negativamente, e eu positivamente bastante feliz com a profissão. Não entendo porque nossa classe reclama tanto! Trabalha com plano de saúde e ganha pouco? Saaai então, caramba! Vai a luta! Abre seu consultório, muda de profissão, abre uma barraca de sorvete na praia, vai ser feliz e para de falar mal. Nosso sucesso depende de nossa força de vontade, empenho, de estratégias, mão-de-obra qualificada, muito estudo e anos de prática, além de outras questões que devem ser levadas em consideração. Pois bem, meus caros, profissionais assim não podem estar entre nós. E não podemos deixar que eles continuem a falar essas coisas todos os dias, minando e diminuindo quem está trabalhando árduamente e luta dia após dia para ver o sucesso de nossa profissão. Estamos em um momento muito bom, crescendo cada dia. FISIOTERAPEUTAS estão ocupando cargos de Gestão em Saúde (até então exclusivamente dos médicos). Nesse momento, devemos repreender esse tipo de postura de nossos colegas de profissão. Por exemplo, está insatisfeito com o posicionamento do Sindicato? Levanta e vai lá com posicionamento para mudar, melhorar e agir. Candidate-se para algum cargo. Pensem antes de falar diante de outros profissionais de saúde, vamos falar bem de nossa profissão. Devemos ser positivistas. Viva a Fisioterapia!

Fonte: Isabelle Fernandes de Macedo

Ateliê da Saúde.

Local da publicação: Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>