ERRO 11- focar demasiadamente o volume de atendimento e porte da empresa ao invés do lucro

11 - fisioterapia-sus

Há uma confusão clara quando relacionamos  vendas de produtos com venda de serviços. É bem comum, no comércio de mercadorias, obtermos um desconto progressivo ao adquirirmos algo em volume. Essa estratégia é muito utilizada no relacionamento Operadoras de Plano de Saúde e prestadores de serviços fisioterapêuticos, muitas reconhecem que pagam pouco, mas, argumentam que vale a pena aceitarmos pois ganharemos no volume de atendimento.

Imagine que você chega numa loja para comprar um caderno, esse custa R$ 10,00(dez reais). Agora, você chega na mesma loja e deseja comprar mil cadernos, ou seja, você fará “uma compra de mil”. Nesse caso, é óbvio que o desconto será obrigatório. Agora imagine que mil pessoas foram naquele dia na loja comprar o mesmo caderno. Será que todas terão o mesmo desconto que você teve? Uma venda de mil unidades é diferente de mil vendas de uma unidade.

Vamos agora para os serviços fisioterapêuticos. Para atender inúmeras pessoas você precisará cada vez mais de uma estrutura maior. Essa ,vai levando a um custo fixo também maior. Quebra de equipamentos, desperdícios, difícil higienização e complexos sistemas de autorização e pagamento/glosas acompanham esse “grande fluxo” que paga pouco pelos atendimentos, e como o investimento é sempre maior em estrutura, a OPS ainda poderá, depois de toda a sua “imobilização de capital”, guiar seus clientes para outro serviço desde que esse cobre menos.  Lembre-se sempre que você estará comercializando “tempo”. Tal produto não está no estoque, não se repõe, no máximo se otimiza.

Entender o custo para a realização de 1 atendimento poderá ser a chave dos fisioterapeutas empresários que tomarão a decisão de atender no volume ou buscar a lucratividade em seu trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>