Clínica Somma, história de uma paixão.

clínica_somma_historia

Sempre fui entusiasta do empreendedorismo. Longe dos cartazes, holofotes e vuvuzelas necessários para que os negócios iniciem, o aprendizado das ferramentas de gestão, controle de qualidade e visão de futuro garantem à toda empresa a sua sustentabilidade. Ao longo de 16 anos tem sido assim em nossa casa, a Somma, empresa fundada pelas Fisioterapeutas Lena Monteiro Cintra e Liane Monteiro.

Diariamente passamos por todas as dificuldades que somente quem tem um negócio em saúde conhece. Por todo esse período tivemos conselheiros, colaboradores e concorrente(professores) que ajudaram a construir o que hoje somos. Nem sempre conseguimos recompensar a todos, mas nossa gratidão é infinita.

Não falarei em números para tentar deixar a velha companheira vaidade no lugar dela, mas garanto que podemos ajudar várias pessoas na manutenção de sua saúde funcional, seja através de procedimentos, palestras ou exemplos.

O passado nos ensina, o futuro dos inspira, mas o presente é o que nos torna.

 

Abraço a todos

 

Luis Henrique Cintra

Plano de Negócio em Fisioterapia – Analisando o mercado

Plano de Negócio

Analisar o mercado antes de começar um negócio em Fisioterapia é uma das etapas mais árduas do plano de negócio, contudo, isso  dará um direcionamento para identificarmos qual a melhor área para investir.

Para realizar uma perfeita análise do mercado é preciso conhecer principais partes: Mercado Consumidor; Mercado Concorrente e Mercado Fornecedor. Não há como perdermos batalhas se nos conhecemos e conhecemos o inimigo.

MERCADO CONSUMIDOR – Para conhecermos nossos clientes precisaremos:

  • Sexo
  • Faixa etária
  • Tamanho da família
  • Escolaridade
  • Profissão
  • Renda
  • Endereço
  • Qual a operadora de plano de saúde de meu cliente
  • O que leva-os a usufruir de nossos serviços
  • Quais são os seus interesses e comportamentos
  • Onde eles estão(rua, bairro, cidade etc)

MERCADO CONCORRENTE – Para conhecermos nossos concorrentes precisamos saber:

  • Qualidade da estrutura apresentada. – O cliente paga muito pelo que vê
  • Preço cobrado – antes de querer cobrar mais barato estude a precificação do seu serviço
  • Localização – veja se o seu concorrente está na sua mesma área de captação de clientes
  • Condições de pagamento – cuidado com a inadimplência
  • Serviços disponibilizados – serviços semelhantes ou complementares
  • Garantias oferecidas – qualidade do serviço

MERCADO FORNECEDOR – Para escolhermos nossos Forcencedores devemos observar

a)      Se  a empresa trabalha com reabilitação, com ginásio e equipamentos de eletrotermofototerapia é importante verificar se esses tem assistência técnica local. Há muitos equipamentos excelentes que transformam-se numa dor de cabeça por falta de peças

b)      Se uma empresa pretende trabalhar com piscinas verificar a manutenção de bombas e o fornecimento de suprimentos de cloro, limpa bordas e demais equipamentos de manutenção são de fácil acesso.

c)      Quem trabalha com terapia manual verificar a manutenção de macas fornecimento de óleos de massagem, aromatizadores etc.

d)      Na fisioterapia hospitalar que existem trabalhos em regime de escalas, o empresário deve ter um banco de currículos bem atualizado para possíveis substituições

 

Luis Henrique Cintra

Consultoria – O público alvo

Público_Alvo

A definição do público alvo deve ser a primeira resposta que o empreendedor deve responder antes de montar o seu negócio em Fisioterapia. A partir dessa, o mesmo guiará uma sequência de ações destinadas atingir seu objetivo inicial. Se não vejamos:

– O seu negócio deve está localizado nas proximidades de seu cliente, já que a Fisioterapia muitas vezes é seriada.

– O seu negócio deve ter estrutura adequada para atender os seus clientes, imagine um cliente com dor de coluna subindo ou descendo escadas.

– O seu negócio deve ter preços ou convênios voltados para um tipo específico de cliente,

– O seu negócio deve anunciar direcionando a publicidade para um cliente específico

– O treinamento burocrático de seus funcionários deve ser voltado para resolver problemas específicos originados por clientes também específicos.

 

Enfim, poderíamos ficar enumerando muitas situações onde o público alvo seria sempre o ponto de partida. Infelizmente, muitos colegas não conseguem ter sucesso em seus empreendimentos por não seguirem essa regra básica. Sempre ofereço o exemplo da Coca-cola que pode ser paga em diferentes valores, porém, isso é feito para diferentes público.

 

Consultoria – Conhecimento, Estrutura e Marketing

Tripe-Amarela1

Todo negócio em Fisioterapia precisará de três ítens imprescindíveis para alcançar o sucesso desejado. São eles: Conhecimento, Estrutura e Marketing. Esses, estejam juntos os separados, fundamentarão os processos a serem realizados diariamente.

O CONHECIMENTO poderá ser entendido como todas as ferramentas:  ideológicas, de gestão, técnicas e vivenciais que podem ou não gerar resultados para seu negócio. É de fundamental importância que o  empresário aprenda a ler os vários mapas do tesouro. Amarrar-se  somente à parte técnica poderá ser uma armadilha terrível.

A ESTRUTURA oferecida encherá os olhos e a imaginação dos clientes de resultados. O cliente paga pelo que vê e sente do “ambiente”. Escolha sempre materiais de fino acabamento, climatize, enfeite e mantenha sempre limpo e organizado o seu local de trabalho. A velha regra do “valor agregado” será sempre muito bem aplicada.

Mesmo que você tenha tudo em perfeitas condições de funcionamento, é  preciso ter alguém para usufruir e pagar por tudo que montou,  por isso sempre anuncie seja para captar ou e fidelizar seus clientes.  O entendimento desse processo pode ser bem observado no post “É mais difícil captar ou fidelizar cliente?” desse nosso blog. Todavia, não esqueça. o MARKETING deve ser a cereja do bolo.

Concluindo, após enxergar essas três necessidades, podemos fazer uma analogia com um banco apoiado sobre um tripé. Se você crescer um ou 2 ítens de maneira isolada criará um desequilíbrio, causando, assim, problemas para o desenvolvimento de seu empreendimento.

 

Luis Henrique Cintra

Consultoria – Fudamentação

consultoria em fisioterapia

O termo Consultoria, embora conhecido, não tão comumente aplicado nas empresas de Fisioterapia. Se olharmos ao longo de nossa história veremos que passamos por inúmeras fases mas, talvez, não tenhamos atingido a excelência empresarial que tanto precisamos.

Há vários tipos de consultoria(organizacional, financeira, logística etc), nem todas serão necessárias para que o empresário atinja seus objetivos. Porém, antes de contratar um consultor é importante que o contratante conheça bem a sua empresa, mas, que devido às circunstâncias não consegue enxergar as alternativas para que seu negócio mude para melhor.

Para que você, proprietário de algum serviço de fisioterapia, inicie o processo de conhecimento de sua empresa é necessário analisar suas rotinas de maneira fria e imparcial. Muitas vezes, será preciso até prejudicar-se em curto prazo visando um melhora futura.

Nossos próximos posts  serão úteis  para lhe ajudar a identificar alguns ítens que acima mencionamos.

 

Luis Henrique Cintra

Fisioterapeuta Consultor

Balance Training Unit

 

BTU

O ser humano passa hoje grande parte do seu dia sentado, posição esta que exerce grande sobrecarga em nossos discos articulares mesmo quando o indivíduo se mantém numa postura adequada. A atividade em má postura leva a uma sobrecarga ainda maior de nossos discos intervertebrais, levando a uma desidratação precoce dos mesmos, e com o passar do tempo abaulamentos, protrusões, hérnias discais e outras alterações degenerativas. O treino proprioceptivo e o equilíbrio na posição sentada é a maneira mais eficaz de prevenção para lesões da coluna principalmente em jovens e crianças que a cada ano passam mais tempo em tal postura. O Fisioterapeuta especialista em ortopedia funcional, équo terapeuta 20 anos de prática clínica, em parceria com Regis Cholley, monitor de equitação western, desenvolveram um aparelho que através de uma metodologia especifica promove estímulos proprioceptivos na posição sentada educando e reeducando os indivíduos a sentarem de maneira correta podendo ser utilizado de forma lúdica com crianças a partir de 6 meses de idade. O aparelho pode também ser utilizado para ganho de equilíbrio e organização sensorial de pessoas acometidas por problemas neurológicos colaborando para recuperação funcional destes indivíduos. A utilização na área fitness promoverá o trabalho de ganho de propriocepção, equilíbrio, força, coordenação motora, alongamento e flexibilidade visto que tal aparelho é versátil podendo ser utilizado como treino funcional para inúmeras atividades esportivas tais como surf, ciclismo, esqui e hipismo.

FONTE:

Balance Training Unit

fernandoperrella@hotmail.com

 

IPM abre credenciamento para fisioterapeutas e clínicas de fisioterapia

IPM

O INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE FORTALEZA – IPM,

em conjunto com o Secretário Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, no uso de suas atribuições legais, por intermédio do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos–IMPARH, estabelece as normas e torna pública a abertura de inscrições de propostas para o CREDENCIAMENTO DE PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS para a prestação de serviços de saúde aos usuários do IPM SAÚDE período de 12 a 25 de maio de 2014.

A tabela de procedimentos oferecida está bem aqui de nosso referencial de honorários(RNHF) porém, chamo atenção especial para o Anexo XIV | Tabela de Honorários de Fisioterapia e Normas de Autorização de Procedimento, alertando que essa tabela está fora do padrão TUSS, contudo o item que está pagando melhor é o 2.01.03.33 – 6 Manipulação Vertebral *

 

Maiores informações acesse: http://sitio.imparh.ce.gov.br/selecao-em-andamento-credenciamento-do-ipm/

 

FONTE: SITE DO IMPARH

 

Luis Henrique Cintra

Linhas de crédito – captação de recursos para franquias

franquias

O mundo corporativo dentro da Fisioterapia tem se desenvolvido anualmente. Embora pouco explorado, um modelo tradicional de negócio vem sendo aplicado com muito sucesso em nosso cotidiano, as Franquias.

O Sebrae define franquias como a distribuição de produtos ou serviços, mediante condições estabelecidas em contrato, entre franqueador e franqueado.

As franquias envolvem a concessão e transferência de:

– marca
– tecnologia
– consultoria operacional
– produtos ou serviços

Franchising é uma estratégia para a distribuição e comercialização de produtos e serviços. É um método seguro e eficaz para as empresas que desejam ampliar suas operações com baixo investimento, representando, por outro lado, uma grande oportunidade para quem quer ser dono de seu próprio negócio.

O Franqueador é a empresa detentora da marca, que idealiza, formata e concede a franquia, do negócio ao Franqueado que é uma pessoa física ou jurídica, que adere à rede de franquia. No sistema de Franchising. O Franqueado investe recursos em seu próprio negócio, o qual será operado com a marca do Franqueador e de acordo com todos os padrões estabelecidos e supervisionados por ele.
A essência do Franchising está na parceria. Por isso, o sistema tem alcançado elevados índices de êxito, medidos por taxas de sucesso das franquias nos mais diversos ramos de atividade.

Alguns bancos apresentam linhas de crédito específicas para quem deseja abrir e/ou gerenciar uma franquia, veja os links:

BANCO DO BRASIL  – BB FRANQUIA
Instituiu o programa BB Franquia, que atende mais de 21 mil empresas franqueadas e disponibiliza linhas de crédito para financiamento da taxa de franquia, implantação de novas unidades, ampliação ou reforma de unidades já existentes e capital de giro.

BANCO DO NORDESTE NORDESTE FRANQUIAS
Lançou o Nordeste Franquias, que prevê linhas com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, juros a partir de 5,06% ao ano, prazos de até 12 anos e tramitação mais ágil das propostas feitas por franqueados das redes parceiras.

BNDES  –  BNDES AUTOMÁTICO
O franqueado pode financiar, com as linhas BNDES Automático e Finem, gastos com instalações e obras, aquisição de equipamentos, treinamento inicial e publicidade para inauguração, parte do capital de giro e taxa de franquia para franqueadoras com sede no Brasil (a taxa deve ser associada a investimentos fixos).

CAIXA ECONÔMICA FEDERALCAIXA FRANQUIAS
O programa Caixa Franquias tem um modelo de análise de risco desenvolvido para o setor. Para a instalação da franquia de redes parceiras, financia de 30% a 60% do plano de negócios, com valor máximo de R$ 10 milhões e taxa de juros a partir de TJLP^ + 5% ao ano, em até 60 meses.

HSBCHSBC FRANQUIAS
Implantou uma área dedicada às franquias para dar atendimento diferenciado a esses clientes. Os franqueados das redes parceiras do banco têm acesso a melhores taxas e tarifas, e o banco também dá suporte para a expansão internacional das redes.

ITAÚ UNIBANCO – ITAU FRANQUIAS
Oferece linhas de empréstimo e financiamento para estruturação da franquia, capital de giro e pagamento dos royalties. É possível financiar até 50% do total investido, garantido pelos recebíveis do negócio e pelo patrimônio dos candidatos.

 

FONTE:

www.lojadefranquias.com.br

www.sebrae.com.br

www.caixa.gov.br

www.bancobrasil.com.br/

https://www.itau.com.br/

www.bndes.gov.br/

 

 

 

Linhas de Crédito – Capital de Giro

capital de giro

Conhecemos como capital de giro o volume de recursos necessários para “girar a empresa” num determinado período. Esse dinheiro tem um “preço” mais acessível que o estabelecido no “cheque especial” porém menos acessível que o vindo de financiamentos como o cartão BNDES.

O dinheiro usado nessa linha de crédito tem por objetivo principal o pagamento dos fornecedores que fazem sua empresa funcionar. Folha de pagamento, contas de água, energia, telefone, insumos etc. Nunca utilize  esse recurso para comprar equipamentos, mas será sempre coerente utilizá-lo para “cobrir o cheque especial”.

Quando vamos comprar um carro, por exemplo, definimos qual carro desejamos,  posteriormente qual concessionária nos dará melhor condições de pagamento. O mesmo deve ser feito com a captação do capital de giro. Segue links do Banco Central que explicita as taxas de juros dos principais bancos para o capital de giro, estabelecendo então o seu “preço”:

 

Capital de giro com prazo até 365 dias

Capital de giro com prazo superior a 365 dias

 

Luis Henrique Cintra

Fisioterapeuta Consultor

 

 

Adoro recebê-las…

criticas

É bom receber críticas, pois no mínimo, essas expressam que de alguma forma nossas opiniões ou atitudes atingiram, de alguma forma, alguém na concordância ou não de um ponto de vista que, quando criado, fazia sentido.

Tantas são as críticas como os criticadores. Cada um revelando o seu papel no contexto de uma discussão. Ter ter mais paciência com aqueles que, por ignorância, chegam a difamar ou caluniar é primordial, pois, tais atos, na grande maioria das vezes são acompanhados pela ira, sentimento que nos torna propensos a desvirtuar nossas atitudes.

Vivemos num mundo onde todos desejam expor seus pontos de vista, porém, somente alguns acabam tendo coragem para isso. É exatamente dessa forma muitos lideres recebem comentários que, de alguma forma, podem tirar-lhes do sério. Cabe ao criticado, portanto, usar as críticas em seu favor, seja para aprimorar-se, seja conseguir novos adeptos.

 

Luis Henrique Cintra